Brigitte Calegari | Blog

TAG
MODA

22.11.17

O ESTILO DAS FRANCESAS

BRIGITTE CALEGARI

As francesas são referência no mundo da moda – e não estamos falando das grandes maisons como Chanel, Dior ou Saint Laurent. As mulheres que moram na França esbanjam charme, elegância e requinte em todas as ocasiões do seu dia. Esse lifestyle é super requisitado em todo mundo, tornando-as referências como sinônimo de bom gosto no street style.

Blogger Jeanne Damas - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

A blogger francesa @jeannedamas

Consideradas como as mulheres mais elegantes do mundo, as francesas ostentam uma moda clássica, atemporal e que é invejada por muitos. Apesar de não terem um estilo propriamente definido, a essência fashion dessas mulheres é definida pela atitude.

Ao andar pela Galeries Lafayette pude notar todo esse glamour, até porque as autênticas french girls passam longe de produções extremamente elaboradas que conotam um ar de excesso. Esse estilo pode até ser resumido como um minimalismo chique! Não poderia ser diferente, não é mesmo? Paris é um dos berços da moda mundial e esse clima é perfeito para influenciar pessoas que amam o mundo fashion e estilo. Eu, por exemplo, sou uma grande admiradora e fã!

Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

Há duas publicações interessante sobre o tema que você pode ler para obter mais informações sobre as francesas: uma é o famoso livro “A Parisiense – O Guia de Estilo de Ines de La Fressange”, escrito por Ines de La Fressange e pela jornalista de moda Sophie Gachet. O livro retrata o que Ines aprendeu sobre estilo e beleza durante os anos que trabalhou na indústria da moda, além de preciosos conselhos de como se vestir com o charme das francesas. Já o título “Como Ser Uma Parisiense em Qualquer Lugar do Mundo”, escrito por Anne Berest, responde por meio de entrevistas com mulheres genuinamente parisienses o porquê as mulheres da França são únicas e irresistíveis.

Isabelle Hervé-Pénard, que é a personal stylist da Galerie, contou em entrevista os itens que acha essenciais para o closet da francesa moderna. Anote aí!

B L A Z E R

Adaptado do armário masculino, o blazer é um grande curinga para o estilo da mulher francesa. Segundo Isabelle, ele precisa vestir perfeitamente no corpo. Por isso, nada de peças oversized: a linha dos ombros deve bater e a peça não pode ser larga.

Blazer  - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

J E A N S

Sim! É possível coordenar looks extremamente elegantes com uma calça jeans. E as francesas são a prova real disso! Isabelle comenta que o shape skinny é o melhor para as produções e que devemos ter no closet sempre três cores: a calça na lavagem tradicional, na super escura e na cor branca. A peça dispensa apresentações quanto a sua versatilidade, é extremamente jovem e injeta no look a casualidade necessária do estilo francês.

Skinny Jeans  - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

J A Q U E T A   D E   C O U R O

As jaquetas de couro podem até devem ser consideradas como investimento. Extremamente atemporais, as peças resistem a qualquer modismo e acrescentam muito estilo a produção. Um look com a jaqueta, jeans e camiseta é considerado como um uniforme das francesas! Absolutamente tudo combina com a peça. Por isso, vale a pena investir em bons materiais na hora de escolher a sua. O corte perfecto é um dos mais versáteis e que valoriza qualquer produção!

Jaqueta de couro  - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

S A P A T I L H A

Práticas e confortáveis, mas ao mesmo tempo charmosas, as sapatilhas são os sapatos oficiais das francesas para os compromissos do dia a dia. Elas vivem com seus pares e não as trocam facilmente por qualquer sapato. O modelo com ponta arredonda e um laço delicado é o preferido. Pelo menos uma, na cor preta, toda francesa deve ter.

Sapatilha - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

S C A R P I N

Se a sapatilha for o sapato do dia a dia, o scarpin é (sem dúvidas) o salto alto oficial das mulheres na França. Além dos modelos que já estamos acostumadas por aqui, que possuem bico fino e salto mais alto, Isabella também sugere um clássico Roger Vivier, que possuí salto e ponta menores e uma fivela para arrematar.

Scarpin - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

 T R E N C H C O A T

O trenchcoat (ou sobretudo) é uma peça extremamente utilizada por homens e mulheres em toda a Europa. Na França, ele fica ainda mais charmoso quando combinado ao look completo das francesas. Vai vem com jeans, vestidos, peças em alfaiataria... Uma infinidade de looks e combinações para executarmos que se tornarão ainda mais charmosas!

Trenchcoat - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

B O L S A   G R A N D E

É notável a preocupação que as francesas possuem com o conforto e a versatilidade, mesmo para se vestir. Por isso, a bolsa escolhida como favorita deve ser prática sem perder seu charme. A sugestão fica por conta do modelo tote, por exemplo, ou a shopper: ótimas por seu espaço interno e com shapes que vão bem em quase todas as ocasiões.

Bolsa - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

C L U T C H

A carteira-bolsa é outro truque poderoso do closet francês. Pense na seguinte situação: um compromisso surge de última hora e você já está no trabalho. Pegue a clutch de dentro da sua bolsa e deixe a maior no escritório. Você estará pronta para uma ocasião mais formal ou elegante, por exemplo, somente com a troca dos acessórios.

Clutch - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

B L A C K   D R E S S

Outra peça que dispensa apresentações, mas que permite um guarda-roupas mais rico e suas produções ainda mais charmosas, é o vestido preto porque ele pode ser base para qualquer look! Basta coordenar as sobreposições corretamente ou apostar em acessórios mais impactantes. Não há como errar nessa produção!

Vestido preto - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

Além das dicas de Isabelle, também há outras peças que complementam o closet feminino francês e que são vistas em inúmeras produções do street style desse país. Elas são experts em coordenar o clássico com o moderno em produções que passam longe da caretice. A alfaiataria, por exemplo, é curinga e aparece sempre repaginada com muita feminilidade. Por isso, invista super em uma boa camisa branca com shape diferenciado – nada de peças com modelagem tradicional, ok?

Outro grande segredo das francesas é a cartela em tons neutros. Mesmo que isso seja sempre repetido em dicas de estilo, a cartela em cores neutras possibilita uma infinidade de combinações no seu closet, porque tudo irá combinar entre si. E as francesas sabem disso! Podem observar: seus looks sempre são mais “descoloridos” por apostarem em tons de preto & branco. O toque fashion nesse cenário é acrescentado pelos acessórios. Invista em brincos poderosos ou em sapatos com acabamentos e cores diferenciadas, por exemplo.

Emmanuelle Alt é personificação dessa referência. Sempre mescla peças que possuem shapes interessantes (blazers e jaquetas) com outras básicas, mas em geral coloridas com as nuances neutras. Preto, branco e cinza estão em praticamente todos os seus looks acompanhadas de detalhes impactantes. Inspire-se com alguns looks!

Emmanuelle Alt - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

Emmanuelle Alt - Estilo das Francesas - Brigitte Calegari

Algumas personalidades francesas relataram em entrevistas o que consideram ser o grande segredo do charme e estilo delas. Garance Doré, fotógrafa, ilustradora e escritora, disse ao The Guardian que “O estilo francês é sobre atitude! A mulher francesa usa basicamente jeans, não muda muito com as estações, ela é a anti ‘it-girl’”. Isabel Marant, reconhecida designer de moda, comentou que “Quando as pessoas me perguntam qual é a diferença das mulheres francesas e norte-americanas, é principalmente que as mulheres francesas passam muito tempo fingindo que não presta atenção, quando na verdade estão fazendo exatamente isso. É mais uma questão de atitude”.

Já Inès de la Fressange, autora do livro citado, afirmou que são “Dez lições para dominar o visual à la parisienne. Entre elas: usar jeans com sandálias com brilhantes e não tênis; uma saia lápis com flats ou invés de saltos; um vestido de noite com uma bolsa de vime; um vestido de chiffon estampado com coturnos; uma malha de paetês com calça masculina; um paletó com tênis. A parisiense perfeita nunca usa sabão no rosto e nem rosa nos lábios ou sai de casa sem maquiagem, mesmo nos finais de semana”.

E vocês, o que acham? Também são adeptas ao mood francês?

Beijos, Brigitte

VEJA TAMBÉM
MAQUIAGEM
DE BOLSA
WISHLIST
MAIO
TAG
MODA

26.06.17

BELEZA EM TRANSFORMAÇÃO

BRIGITTE CALEGARI

         Você já deve ter passado por isso: saiu da banca com uma revista só porque desejou ser como a modelo da capa: corpo magro e de pernas infinitas, maquiagem impecável, cabelo loiro e modelado com ondas estilo Gisele. Sim, os padrões de beleza existem e estão aí já há muito tempo, julgando a gente e nos separando entre bonito ou feio, aceitável ou ridículo, bom ou mau.


 
         Desde a Grécia Antiga o homem tenta determinar o que é o belo. Pitágoras, por exemplo, relacionou a beleza com a matemática argumentando que formas que obedecessem proporções áureas seriam mais harmoniosas e belas. Porém, por mais que equilíbrio estético seja agradável aos olhos, o conceito do que é bonito vai mudando com o tempo. Na Idade Média, o corpo ideal era mais cheinho, como se vê nas pinturas renascentistas, por ser sinal de fartura e riqueza em uma época em que a produção agrária era menos desenvolvida e a escassez de alimentos, uma realidade. Já em tempos atuais o corpo atlético e magro é a referência perseguida e, às vezes, até de formas não saudáveis como com dietas malucas e intervenções cirúrgicas arriscadas. Isso também pode ser aplicado à maquiagem. Na década de 20, a imagem feminina que agradava era de uma mulher frágil e lânguida e, por isso, as sobrancelhas eram bem finas e arqueadas, demonstrando uma grande delicadeza. Ou seja, bem diferente das sobrancelhas atuais que são cheias, preenchidas e que marcam a presença feminina forte, sexy e independente. O problema é que mesmo que mudem os padrões, eles ainda são padrões e não deixam de pregar um modelo a ser seguido e, como consequência, exclui todas as pessoas que não estão dentro dele. Mas a boa notícia é que a internet, deu voz a muitas minorias, o que tem levado ao maior questionamento e quebra de muitos paradigmas. 

         Como maquiadora, sou adepta da ideia de embelezar, e não transformar. Embelezar entendo como sendo realçar o que temos de melhor, as características que mais gostamos em nosso próprio rosto, valorizando com harmonia o que temos de especial e único. Acredito que não exista o bonito ou o feio. A beleza não deve ser padronizada. Já transformar é quando o maquiador padroniza a cliente ou modelo e faz uma make que a coloca dentro de uma forma pré-concebida e sem espaço para a individualidade. Já vi casos de quem ficou até irreconhecível depois da maquiagem.



         Existem técnicas que nos ajudam a harmonizar o rosto, como por exemplo,  o contorno. Ele é capaz de dar a impressão de afinar rosto, nariz, maxilar, pescoço, etc. No entanto, se você exagera, pode ficar muito diferente ou então, se tornar escrava da make por não querer se ver mais sem aquele truque “emagrecedor”. Tenho percebido muitas mulheres com dificuldade de autoaceitação e que usam a maquiagem para alcançarem uma beleza x, específica e padronizada. Assim, acho melhor quando se foca naquilo que se gosta, realçando o que queremos valorizar. Fazer isso nos empodera e nos ajuda a amar ainda mais o que temos naturalmente. Mas como sempre digo que na maquiagem não há certo ou errado, tudo depende do seu conceito e da sua identificação. Cada um deve seguir o que te deixa mais confortável e feliz, sem regras.

          Apesar de não ser fã de maquiagem transformadora no rosto, existem transformações que a make pode fazer que são, sim, muito legais. Ela é capaz de mudar para melhor vidas de maneira individual, como quando se torna uma profissão que vai gerar renda para pessoas conquistarem sua autonomia e independência. É muito bom quando vejo alunas e alunos meus perseguirem a carreira em busca de um sonho. A make acaba sendo a porta para infinitas possibilidades. Ser maquiador profissional é um ofício que, além de dinheiro, pode trazer muita satisfação pessoal. 

Beleza em Transformação
 
         Outras transformações às quais a maquiagem e a beleza, de forma geral, estão ligadas são mudanças sociais. Às vezes ela pode romper padrões ou refletir regras que já foram quebradas.
Fico contente quando vejo que há alguns anos as sardinhas na pele eram vistas como um defeito a ser escondido e hoje, ela já é celebrada. Muitos profissionais usam coberturas mais suaves de base ou corretivo para não apagá-las e respeitar o tipo de pele da cliente. Chegamos a ver vários tutoriais, inclusive, ensinando a pintar sardas no rosto. Outro exemplo é da modelo canadense Winnie Harlow, diagnosticada com vitiligo quando ainda era criança. Ela tem participado de muitas campanhas publicitárias, capas de revistas e editoriais , e representa uma nova geração de modelos que vieram para aumentar a diversidade no mundo fashion. Além de Winnie, nomes como Ashley Graham, Hari Nef, Andrja Pejic, Lauren Hutton também fogem dos esteriótipos de beleza e tem transformado a forma como vemos o que é belo!

O que é beleza para você?



Beijo,
Brigitte

VEJA TAMBÉM
TENDÊNCIAS DE MAQUIAGEM - OUT/INV 2014: LÁBIOS
MONTANDO A SUA PENTEADEIRA DE MAQUIAGEM
TAG
MODA

05.06.17

AS POSSIBILIDADES DA CARREIRA DE UM MAQUIADOR

BRIGITTE CALEGARI

     Com meus cursos de maquiagem sempre tenho a chance de conhecer gente nova, novos talentos, pessoas que estão no começo do caminho para se tornarem maquiadores. É muito legal ver o brilho nos olhos, cheios de curiosidade e interesse para descobrir cada técnica, e perceber que aquilo que ensino será mais que uma profissão, vai ser um sonho realizado. No entanto, o que percebo, às vezes, é que muitos não têm ideia de como a maquiagem abre portas. Existem muitas possibilidades nessa carreira, basta você se especializar.
 
     Alguns maquiadores se tornam especialistas em make para fotos publicitárias, editoriais de revistas e desfiles, por exemplo. Outros, são focados em maquiagem para espetáculos, teatro e filmes. Enquanto tem aqueles que viram experts em casamentos. Aqui, vamos explicar as diferenças entre essas especialidades para você descobrir qual a sua.
 

M A Q U I A G E M   F A S H I O N 

Beauty de Peter Philips para a V Magazine 

     Você pode ter pensado logo no glamour quando leu a palavra “fashion”, certo? De fato, existe o lado glamouroso que te dará acesso a lugares restritos como backstages, estúdios e locações, e ainda te apresentará a fotógrafos, estilistas, modelos, stylists. A make fashion é aquela feita para desfiles, editoriais de revistas, campanhas de moda, etc. Aqui, sua cliente não será a modelo maquiada, mas sim uma marca de moda, uma revista, ou uma agência. É bom dizer que o trabalho envolve muita dedicação e entrega. Por exemplo: vários shootings (sessões de fotos) são feitos aos finais de semana, você terá que carregar sua mala de maquiagem onde quer que seja a locação (algumas são em lugares desertos ou no meio da mata), o dia pode começar de madrugada e sem hora para acabar, não pode faltar atenção constante na modelo caso precise de retoques. Teorias e conceitos de colorimetria e luz são conhecimentos que não podem faltar. Além disso, ser criativo, antenado, estar constantemente pesquisando referências e explorando o mundo da beleza também é imprescindível.
     Uma boa dica é estar atento ao trabalho daqueles grandes nomes que assinam desfiles, campanhas e editoriais, como: Pat McGrath, Val Garland, Peter Philips, Charlotte Tilbury, entre outros.

Beauty de Pat McGraph para W Magazine

     Para sair da zona de conforto e do lugar comum é bom encontrar profissionais que você curte e que vivem uma cultura diferente da sua, como maquiadores de outros países. Acho que isso abre a mente e te dá mais possibilidades. A moda anda a passos velozes e acompanhá-la, apresentando novas propostas e novos conceitos é o que faz um profissional se destacar nesse universo.
 


M A Q U I A G E M   D E   F O T O   E   T V

Minha maquiagem para o #PROJETOSECRETO

     Sair bem na foto ou em uma gravação pode ser o resultado de uma ajudinha da maquiagem. Fotografias para álbuns de formatura, casamento, fotos publicitárias, bem como gravações de telejornais, novelas e outros programas de televisão são os trabalhos mais comuns para esse profissional. Existem pontos em comum com a make fashion, como a necessidade de entender de luz e de cor já que as câmeras captam tudo nos mínimos detalhes. Além disso, os novos equipamentos de alta definição (HD) e 4K exigem uma maquiagem mais bem acabada, de boa qualidade e que pareça natural. Estar no estúdio ou na locação também demandam atenção constante nos atores ou modelos para que a make não apareça com defeitos ao longo das fotos ou das filmagens. No entanto, diferente do mundo da moda, aqui você pode focar mais em visuais clássicos, sempre considerando o visagismo, ao invés de criar looks ousados e fashion. 
 



M A Q U I A G E M   A R T Í S T I C A

Rick Baker, o Maquiador Artístico mais famoso do mundo, 7 vezes vencedor do Oscar de Melhor Maquiagem

     Se a sua alma pertence à arte e você enxerga todo corpo como uma tela em branco que pode ser maquiada, talvez essa seja sua especialidade do coração. A make artística é feita principalmente para espetáculos, musicais, teatros, óperas, seriados e filmes. Ela está relacionada, muitas vezes, com a caracterização de personagens. Cirque du Soleil, Broadway e Hollywood são os lugares em que se pode ver a maquiagem artística no seu maior esplendor. Nesses casos, seu cliente acaba sendo o diretor do filme ou do espetáculo. Para se tornar um maquiador artístico é preciso um nível de conhecimento muito alto porque você terá que trabalhar com materiais profissionais específicos, inusitados e nada corriqueiros, como tintas para o corpo, látex, slug, próteses e enxertos, pigmentos puros, airbrush. O senso estético e de proporção é muito importante porque no teatro, por exemplo, sua maquiagem tem que ser vista até pelos espectadores mais distantes do palco. O mercado nesse campo é mais restrito e menos convencional, mas ainda pouco explorado no Brasil. 
Para se inspirar, acompanhe nomes como: Rick Baker, Ve Neil, Mark Coulier.



M A Q U I A G E M   C O M E R C I A L   /   S O C I A L 

Maquiagem de Hung Vanngo, o maquiador queridinho de celebridades como Katy Perry, 
Gisele Bündchen, Selena Gomes e Miranda Kerr

     Esse é o campo com maior área de atuação. A maquiagem comercial ou social, é aquela para eventos, festas, casamentos, etc. Como maquiador especializado nisso, você pode trabalhar em salão de beleza, em casa, ou ter seu próprio atelier. Sua cliente será quem você estará maquiando, normalmente. Por isso, é importante saber lidar diretamente com o público. As técnicas para aumentar a durabilidade da make e conseguir trazer mais beleza de uma forma personalizada, respeitando os traços faciais de cada um, são as principais qualidades de quem quer fazer sucesso nesse campo. Afinal, você vai atender pessoas muito diferentes umas das outras e saber adaptar técnicas para quem se senta em sua cadeira é crucial. Quanto à durabilidade da maquiagem, ela é um ponto-chave porque sua cliente vai querer festar, chorar, rir, dançar e terminar a noite bem, sem se preocupar com borrões. Na hora da pesquisa, vale buscar inspiração em celebridades, sobretudo quando vão para o red carpet. Siga os maquiadores das famosas nas redes sociais, por exemplo. Nomes como: Joyce BonelliScott BarnesGucci WestmanSir JohnHung VanngoMario Dedivanovic.

     Ah, lembrando sempre que é necessário encontrar identificação quando for em busca de referências. Vejo muitas pessoas utilizando técnicas porque estão na moda, mas que, no fundo, não acreditam naquilo. 

Demonstração de Maquiagem para Noivas feita no meu Curso La Beauté

     Outra possibilidade dentro da maquiagem comercial/ social, mas que exige ainda mais conhecimento e prática, é fazer noivas. Muitos profissionais ficam famosos ao se especializarem no grande dia delas. Há conceitos e técnicas específicas para maquiar quem vai se casar, visando durabilidade e conceitos atemporais. Este maquiador precisa estar constantemente em busca de aprimorar seus conhecimentos e seu material de trabalho. Além do mais, atender uma noiva não é simplesmente maquiá-la no dia do “sim”; é uma cliente que exige atenção por meses antes de chegar a data tão especial. É necessário reuniões para compreender os desejos dessa noiva, avaliar o estilo pessoal dela, aplicar o visagismo e também considerar detalhes da festa.  


     Vale dizer que muitos maquiadores também se dividem entre essas especialidades de maquiagem. Eles reservam alguns dias da agenda para atender noivas e outros, para fotos, campanhas, editoriais, etc., por exemplo. Não existe fórmula específica, cada profissional vai definindo sua maneira de trabalhar conforme achar melhor. O importante é você descobrir qual sua aptidão e seguir seu sonho.  
 
     Minha dica pessoal é tentar experimentar um pouco de cada uma dessas possibilidades para ao final, decidir melhor o que mais te agrada. Até porque, muitas vezes, dependendo do seu caminho de carreira, você precisará fazer alterações em sua vida. Um exemplo seria para maquiadores de editoriais e passarela. Esse mercado existe mais nas grandes cidades e, portanto, você teria que se mudar caso more no interior.

Beijos,

Brigitte
 

VEJA TAMBÉM
MAQUIAGEM
DE BOLSA
WISHLIST
MAIO
TAG
MODA

02.05.17

AS MELHORES E AS PIORES MAQUIAGENS DO MET GALA

BRIGITTE CALEGARI

Aconteceu no dia 01 de Maio, em Nova York, mais uma edição do grande baile Met Gala, que reúne vários famosos na abertura oficial da exposição de moda Met Museum’s Costume Institute. 

Este ano a estilista Rei Kawakubo, da grife Comme des Garçons, é a homenageada.
Os red carpets são sempre incríveis, looks ousados, com informação de moda e maquiagem muito inspiradoras, outras nem tanto! Vamos analisar alguns looks?!


Hailee Steinfeld
Hailee Steinfeld

Hailee apareceu com super delineado, mas faltou simetria, primeiro ponto que deveria ser observado quando se faz uma maquiagem gráfica.



Kendall Jenner's make up met gala maquiagem
Kendall Jenner's

Kendall Jenner ousou muito no look e arrasou na make, ficou super equilibrada, amo a combinação de iluminado com batom vibrante! A cor valorizou muito o bronzeado.



Selena Gomez met gala maquiagem
Selena Gomez

Achei ousada mas gostei! Para garantir o equilíbrio nessa make foi fundamental deixar a raiz dos cílios inferiores limpa já que o único ponto foi a pálpebra superior.



Candice Swanepoel Candice Swanepoel

Candice apareceu com um super delineado! Impecável!
Para fazer esse look mais dramático é legal escolher apenas um ponto, como o delineado dela. Foi escolhida pela Elle como uma das mais bonitas da noite. 



Lupita Nyong'o

Lupita apostou em uma make multicolorida. Eu particularmente, não gostei, acho que houve uma confusão de informações. Não dá para saber onde devemos olhar primeiro, e ainda a maquiagem não complementou a roupa.



Kylie Jenner
Kylie Jenner

Kylie Jenner, optou pelo clássico, a combinação de cores ficou bem harmoniosa, coordenando inclusive com a cor do vestido. Só acho que a sobrancelha poderia ter ficado um pouco mais natural!



Lily Collins
Lily Collins

Adorei o contraste da cor da pele e batom escolhido por Lily Collins, ficou lindo!



Behati PrinslooBehati Prinsloo

Behati Prinsloo apareceu com uma make “de bonita”, realçou na medida, além de ter ficado muito bem acabada.



Taylor Hill
Taylor Hill 

Taylor Hill apareceu com olho monocromático, que ainda combinava com vestido! Acho chic!



Blake Lively
Blake Lively

Blake Lively apostou em make mais clean, ficou perfeita para o look que já tinha muita informação, maquiagem super equilibrada e bem acabada.



Celine Dion
Celine Dion

Celine Dion não acertou, apesar de ter apostado no preto, faltou esfumar a sombra, e o conjunto olho mais contorno ficou too much.



gisele bündchen
Gisele Bündchen

Gisele apareceu com make super fresh que realçou a beleza na medida.



Kim Kardashian
Kim Kardashian

Kim apostou em uma maquiagem leve, bonita e bem acabada, porém acho que ela poderia ter ousado mais pela proposta do evento!



Rihanna
Rihanna

Rihanna apostou em um look conceito da Comme des Garçons (homenageada da festa). A maquiagem apesar de ousada, estava muito bem acabada, harmonizando e complementando o look. 


     Qual maquiagem foi a sua preferida? 

     Beijos, 
     Brigitte
VEJA TAMBÉM
MAQUIAGEM
DE BOLSA
WISHLIST
MAIO