Ateliê Brigitte Calegari | Blog

TAG
BLUSH

15.05.17

A PELE NEGRA NA MAQUIAGEM

BRIGITTE CALEGARI

 

Não são poucas nem raras as vezes que ouço mulheres negras desabafarem sobre os dramas que já passaram por conta da maquiagem errada. A queixa mais comum é ter ficado com a pele acinzentada, nada a ver com a cor natural, por exemplo. Além disso, existe a questão da maior oleosidade - característica comum entre pessoas afro descendentes e que pode comprometer o acabamento da make.

Por isso, para você ser um bom maquiador, é preciso conhecer as características específicas de todo tipo de pele e saber fazer uma make linda em qualquer mulher. Separei os principais pontos para a maquiagem para pele negra:



T O M    E    S U B T O M    S E M    E R R O

Colorimentria é a matemática das cores. Conhecer a fundo como elas funcionam, se misturam e se neutralizam é um grande passo para saber como funcionam os tons e subtons de pele. Dominar a teoria das cores pode te ajudar a solucionar até as maiores charadas da maquiagem e evitar gafes como errar a cor da base da sua cliente. 


O L E O S I D A D E     S O B    C O N T R O L E

As mulheres negras têm as vantagens de terem uma pele mais firme, que demora muito mais para começar a sofrer com o envelhecimento, além de ser naturalmente mais protegida do sol. No entanto, conquistar uma maquiagem duradoura pode parecer o maior desafio para as brasileiras, já que grande parte da nossa população tem o rosto misto ou oleoso e o clima por aqui é tropical. Por isso, saber driblar o brilho excessivo é um trunfo dos grandes make up artists e vai além da maquiagem, envolve cuidados com a pele. Nessas horas, entender de produtos e ativos, sabendo qual a melhor combinação deles, é fundamental para manter o rosto sequinho. Isso vai desde o hidratante, primer até a base.

 


Um dos meus hidratantes preferidos para pele oleosa




A D E U S    I M P E R F E I Ç Õ E S


Como consequência da maior oleosidade, a pele negra costuma ter os poros mais abertos. Saber disfarçar os furinhos é essencial para conseguir aquele efeito de pele suave, sedosa ou acetinada. Desta forma, é necessário fazer uma boa preparação antes mesmo de pensar na aplicação da base. Outro fator comum à quem tem o rosto oleoso é o surgimento de acne e suas cicatrizes. Para neutralizar a cor da inflamação e uniformizar a pele é preciso contar com técnicas específicas (incluindo conhecimento de colorimetria) bem como saber apostar nos produtos de maquiagem certos, de textura adequada.


 


C O R E S   E M   H A R M O N I A

Muitas nuances que ficam harmoniosas em peles claras podem ficar estranhas em pessoas negras e vice-versa. Entender e dominar as cores é essencial para trabalhar com tons harmoniosos, que vão trazer destaque para as características pessoais de cada uma de suas clientes. Um exemplo é o batom nude. Várias pessoas acham (assim como eu já achei) que nude é uma cor, sendo que ele nada mais é que o tom da sua pele. Assim, cada um tem o seu. A consequência é que os maquiadores acabam tendo dificuldade para entender qual o nude ideal para a pele negra.





Meus Blushes favoritos para pele negra

 

A L Q U I M I A    D E    M A Q U I A D O R


A gente tem visto que muitas marcas de make up no Brasil já estão mais atentas às necessidades das consumidoras afro descendentes. Mas ainda dá para perceber que falta muito produto específico. Por isso, precisamos saber combinar, adaptar e fazer misturinhas para chegar no ponto certo. Para você ter uma ideia, às vezes misturo corretivo com base para escurecer o tom ou, até mesmo, escureço a base com sombra em pó e um pouco de diluidor. Já perdi a conta de quantas vezes tive que usar sombras como contorno ou iluminador por não existir o produto do tom exato. Isso é uma das coisas legais de ser maquiador, criar novas cores e produtos - o segredo é ser criativo!






Beijos,
Brigitte

VEJA TAMBÉM
MANUAL BATOM
VERMELHO
DICAS DE COMPRAS EM NYC